Terminou nessa quinta-feira (30), às 17h, o período de inscrições para os interessados em ocupar o cargo de diretor de uma das 47 Superintendências Regionais de Ensino (SREs) do Estado. O processo, realizado por meio do sítio www.certificacao.educacao.mg.gov.br, registrou 1.335 inscrições, sendo 44 delas de atuais diretores (todos servidores) e outras 1.291 novas manifestações de interesse.
Participar do processo de certificação não assegura ao candidato direito à ocupação ou nomeação no cargo. Além disso, a pré-inscrição não garante ao candidato o direito à participação na prova objetiva que vai identificar os mais qualificados para o desempenho da função. Os 1.335 inscritos participarão de um processo preliminar para a definição dos candidatos às vagas de diretor das 47 superintendências.
Foram disponibilizadas pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), 1.880 vagas para este processo inicial. O objetivo pretendido era selecionar 40 candidatos por superintendência. Outras informações estão disponíveis no edital do processo. O resultado final do processo de Certificação Ocupacional está previsto para o dia 28 de outubro de 2011.
Papel estratégico
De acordo com a coordenadora das SREs, Eunice Prado, a função de diretor de superintendência é estratégica para a implementação das políticas públicas na área da Educação em todo o Estado. “É o diretor que responde pela coordenação das ações da SEE em cada uma das regiões do estado. É ele, por exemplo, que implementa e monitora ações pedagógicas, administra a rede física e gerencia o quadro de servidores em sua região”, explica Eunice Prado.
O subsecretário de Gestão de Recursos Humanos, Antônio Luiz Muza Noronha, comemora o interesse dos servidores. “É uma iniciativa nova e o número de inscritos demonstra que há o interesse pela função de diretor de SRE, fundamental para que consigamos assegurar as ações da Secretaria de Educação em todas as regiões do Estado”. O número de inscritos não alcançou o patamar de 1.880 vagas disponibilizadas, mas atingiu o percentual de 71,01%, índice que, na avaliação de Noronha, deve ser destacado.
Etapas
A Certificação Ocupacional será composta por quatro etapas: a pré-inscrição e seleção dos candidatos para a prova; a prova objetiva; a avaliação de títulos; e a entrevista com os candidatos. O credenciamento obtido no processo de certificação ocupacional terá validade de dois anos, a contar da data da publicação do resultado final no Diário Oficial do Estado, prorrogáveis por igual período, a critério da SEE. Os profissionais certificados vão compor um banco de dados da SEE.
Puderam se inscrever servidores detentores de cargo efetivo, efetivado ou função pública de uma das carreiras dos profissionais da educação básica de Minas Gerais, em exercício na unidade central, regional ou escola estadual da Secretaria de Estado de Educação (SEE).
Fonte: Varginha Online